18.5.13

Obscure: Nine + Layout novo


É IMPORTANTE, LEIAM: Oi amorinhas, como estão? Nem demorei tanto dessa vez, assumam u.u E aí, gostaram do layout novo? Sim, foi eu mesma que fiz rs' Pensei um pouco e resolvi disponibilizar o layout anterior, o rosa e cinza, lembram? - acho que sim, porque né - e vou deixar o link dele e do código lá embaixo ok? Se tiverem interessadas... Enfim, ninguém se inscreveu? Poxa, eu realmente esperava que todas vocês se inscrevessem para moderação aqui do blog. Estou muito triste com vocês. Ah, e se quiserem ser avisadas de novo capítulo pelo twitter, é só deixar o user nos comentários e nos avisaremos sempre que tiver postagens novas aqui. Não esqueça de me seguir no twitter, sou a @MotherDangerous. Oh, e vocês viram o clipe novo da Selebitch? Meu Deus, que macumba é aquela? Essa vadia tá se superando cada vez mais hein kkk vadia macumbeira (: enfim, boa leitura.

NINE - READY?



– Narrado por Taylor Momsen. –

– Está tudo bem? Você parece cansada. – Justin Bieber perguntou-me, pude notá-lo prender o riso. 

Semicerrei os olhos, sentindo meu sangue ferver. Fazia, no mínimo, duas horas e meia que estávamos andando, sem nenhum descanso. Minhas pernas – igualmente a todo resto de meu corpo – doíam, e sinceramente, eu precisava urgentemente de uma cama quentinha esperando por mim neste momento. Estava praticamente implorando a ele para fazermos uma pequena pausa de pelo menos cinco minutos, mas esse idiota-cabeça-dura parece até que é feito de ferro.

– Ah quer saber? Que se dane, eu preciso descansar e não é você que vai me impedir. – Falei, enquanto procurava algum lugar no meio de toda aquela escuridão para sentar-me. Com a luz da lua cheia guiando-me, avistei um pedaço de madeira grande o suficiente para umas dez pessoas. Talvez pertencesse há alguma árvore, que de muito velha, acabou não resistindo e desabando. Caminhei até o mesmo e sentei-me, tentando pôr um fim em todo aquele cansaço. E mesmo com toda aquela escuridão, ainda foi possível ver os orbes de Justin – estranhamente muito parecidos com os aterrorizantes que me atormentaram naquela noite – aproximar-se e sentar-se ao meu lado. – Estou com fome. – Falei, olhando-o de lado.
– Eu também. – Disse. – Ei, talvez ainda tenha alguns bolinhos de chocolate na minha bolsa, isso se o Chaz não tenha pegado escondido e comido, aquele gordo. – Mordi o lábio, enquanto o observava abrir sua bolsa. Justin remexeu algumas coisas e por fim, o vi sorrir. – Ainda temos quatro bolinhos, mas acho melhor economizarmos. – Assenti, compreendendo-o perfeitamente. Ele pegou um dos bolinhos e retirou a embalagem feita de plástico do mesmo, retirou um pedaço e me deu. Sorri, agradecendo-o. Coloquei-o na boca, fechando os olhos em seguida ao sentir seu delicioso gosto. – São deliciosos, não são? – Perguntou. Apenas assenti, ainda mastigando. 

Agora eu sabia o porquê de Chaz Somers ser totalmente viciado por aqueles bolinhos de chocolate. Abri os olhos, e ao olhar para Bieber, ele entendeu perfeitamente que eu queria um pouco mais. Terminou de mastigar e dividiu mais dois pedaços do bolinho, dando-me um deles. 

Por incrível que pareça, ainda havia sobrado um pouco. – Acho melhor guardar. – Falou, envolvendo o pouco que havia sobrado com aquela embalagem. Apesar de eu estar com uma vontade enorme de comer mais, compreendi que Justin estava devidamente certo. Deliciei-me de meu pedaço e após alguns minutos de silêncio, quebrei o mesmo.

– Onde vamos dormir? – Perguntei.
– Bem, nós teremos que dividir o saco de dormir novamente. – Disse e em seguida observou ao nosso redor. – Aqui não é tão mal. Eu posso improvisar uma fogueira. – Assenti e Justin sorriu levemente, mostrando seus lindos dentes brancos. Suspirei, sentindo os músculos de meu corpo pesar cada vez mais aos poucos. Bieber percebeu. – Tudo bem, acho que podemos continuar a nossa caminhada amanhã. – 

Aproximou-se de mim e deu-me um inesperado beijo na testa. No momento em que seus lábios entrou em contato com minha pele, senti uma onda de arrepios percorrer todo meu corpo. Agradeci mentalmente por ele não ter notado.

Levantou-se e ajeitou o saco de dormir um pouco próximo dali, perto de uma árvore e sobre algumas folhas secas. É claro que eu morria de medo de um animal selvagem aparecer do nada e nos comer vivos, mas acima de tudo, eu precisava de confiança. Respirei fundo, olhando para o céu negro acima de mim. Os malditos bilhetes me veio em mente, e me dei conta de que faziam horas que eles não apareciam. Talvez aquele serial killer esteja apenas “brincando” comigo – ou até mesmo não exista nenhum serial killer e tudo isso fora apenas uma brincadeirinha de mau-gosto –, talvez ele tenha se cansado de mim ou algo do tipo, ou talvez ele esteja tão perto de mim que está apenas esperando o momento certo para “atacar” novamente.

Eu tentava acreditar na primeira opção, mas algo me dizia que na realidade a verdadeira era a terceira.

– Você pode me dar uma ajudinha aqui? – Saí de meu “transe” ao ouvir a voz doce e rouca de Justin. O saco de dormir já estava em seu devido lugar e Bieber parecia estar prestes a fazer uma fogueira.
– Oh, claro!

xx xxx xx

Forcei meus olhos, obrigando-os a acostumar-se com a forte luz do sol. Ao sentar-me, percebi que Justin não estava no saco de dormir ao meu lado, mas sua bolsa e tudo o que o pertencia continuavam ali. Talvez tivesse ido pegar água ou alguma outra coisa. Dei de ombros e tateei a terra tentando achar minha bolsa, e logo a encontrei. Trouxe-a até mim e enfiei minhas mãos dentro da mesma, procurando pelo maço de cigarros que Ryan havia me dado no dia anterior. Perguntei-me onde ele e Caitlin estariam agora, ou melhor, se ainda estariam vivos. E Chaz? Ele havia ficado dentro daquela cabana, e eu tinha medo de que o serial killer tivesse voltado e o matado. Eram tantas preocupações e eu mal conseguia tomar conta de todas elas.

Uma leve brisa passou por mim, trazendo com ela ondas de arrepios e um bilhete. Peguei-o rapidamente, antes que o vento pudesse levá-lo.

Sentiu minha falta? Oh, é claro que sentiu. Seus amigos estão bem, pelo menos por enquanto. Ainda não me decidi certamente à surpresa que farei para eles, mas, sei que vão adorar. Prepare-se amor, em breve nos encontraremos pessoalmente. É melhor guardar energia, pois nos divertiremos muito.

– Bom dia, Tay. – Assustei-me, mas logo me dei conta de que era Justin. Disfarçadamente, guardei o bilhete dentro de minha bolsa. Não queria dar ainda mais motivos para parecer que estou ficando maluca.
– Bom dia. – Respondi, tentando não me importar com o novo “apelidinho” que havia ganhado. Justin tinha alguns pedaços de madeira no ombro, e logo os soltou com toda a sua força no chão. – Para que isso?
– Para fazermos as fogueiras à noite. Há um rio aqui perto, eu vi algumas garrafas de plástico por lá, podemos usá-las para pôr água. – Assenti, sorrindo. – Se não me engano, também vi uma laranjeira e uma macieira. Você gosta de maçãs?
xx xxx xx
– Pronto, temos água e comida o suficiente para um bom tempo, dependendo de quando acharemos a saída desta floresta. – Justin falou, sentando-se por fim próximo a mim.

Havíamos achado realmente algumas garrafas plásticas próximo ao rio, pareciam limpas e apesar de não fazermos ideia de onde vieram, precisaríamos de muita água. Tínhamos aproximadamente dez garrafas médias cheias de água. Eu tinha um casaco que sempre levava dentro de minha bolsa caso precisasse, ele não era lá tão largo, mas deu para guardarmos várias maçãs e laranjas. Também achamos algumas sacolas junto com as garrafas, e elas também serviram para guardar ainda mais frutas. Os pedaços de madeira não eram tão pesados, então eu poderia levar dois ou três, apenas para ajudar Bieber.

– Sabe, acho que devemos seguir nossa busca pela saída desta floresta de acordo com o rio, quem sabe ele não nos leva para alguma vizinhança pequena por aqui? – Disse.

Certamente, Justin estava certo. Talvez aquele rio pudesse nos levar a pessoas normais como nós – que não fossem malucas e matassem outras pessoas. Era uma boa ideia.

– É, pode ser. – Respondi, sorrindo. – Justin, o que você acha que aconteceu com Chaz, Ryan e Caitlin?
– Sinceramente, eu não faço ideia. – Disse, em um tom um tanto engraçado, o que me fez sorrir ainda mais mentalmente. – Só rezo para que estejam bem e que tenham tido tanta sorte quanto nós. – Completou, e eu apenas assenti, concordando com ele. – Nós só temos um ao outro, Tay, precisamos nos unir cada vez mais. Só assim sairemos daqui. – Aproximou-se de mim, e inesperadamente, abraçou-me.

Não sei exatamente o porquê, mas senti meu coração acelerar naquele momento e uma sensação estranha me preencher. Rezei mentalmente para que não fosse as famosas “borboletas no estômago”.

xx xxx xx

– Nunca comi uma maçã tão gostosa desse jeito em toda a minha vida. – Falei, enquanto me deliciava de uma das maçãs que haviamos pegado horas atrás. Gargalhei ao perceber o quanto as mordidas de Justin estavam sendo enormes. – Vai com calma, seu gordo! – Rimos juntos.

Justin não era o que eu pensei. Sabe, ele não era um idiota estranho, muito pelo contrário, ele era muito legal. Estávamos nos dando muito bem, por incrivel que pareça. Aquela maçã estava tão apetitosa que eu acabei fechando meus olhos, você sabe, por impulso. Fiquei naquela posição por longos segundos, até ser cutucada por Justin.

– Olha o que eu achei. – Deu-me um daqueles bilhetes, fazendo-me deixar a maçã de lado.

Estou chegando amor... Já está preparada?

CONTINUA...

Respondendo aos comentários.

-inês pais.: Porra '-' mas por que tu tava andando de muletas? Me conte caralho u.u Ah valeu kk Gostou do capítulo? Aliás, por que não se inscreveu mocinha? u.u
Perverted Dreams: Vai ficar me chamando de diva agora? Porra, eu tenho sentimentos :c ~emocionada~ mas continue assim, me agrada muito u.u Divulgo sim, e por que tu não se inscreveu pra moderar esse carai aqui?
Natália: Continuei, gostou? u.u Dessa vez eu nem demorei tanto assim né kkk' Divulgo sim, e me diga por que não se inscreveu pra participar do blog? u.u
Lili: Coloquei Lili nesse cacete, porque né kkkkkkk Ui, gostei do que você disse u.u Ok, lhe chamarei de Lili agora. Mas me responde, por que não se inscreveu?
Flawless Dreams: Apenas pirando na foto do seu perfil, pqp Seja bem-vinda (: kkk' guenta coração, quero tu viva pra comentar nesse capítulo carai u.u Tô sim, vou deixar o link pra se afiliar aqui embaixo, tá?
Anônimo: Vem sem ser em anônimo da próxima ok? Não gosto muito disso de anônimo não (: Continuei, gostou?
Anônimo: Vem sem ser em anônimo da próxima ok? Não gosto muito disso de anônimo não (: Seja bem-vinda c: Gostou do capítulo?
Sonhos Bieber: Awwn, venha cá me abraçar [] kkkk essa é a intenção u.u
Anônimo: Vem sem ser em anônimo da próxima ok? Não gosto muito disso de anônimo não (: Continuei, gostou?

Divulgação.

Perverted Dreams: O blog é bastante divo e eu curti muito. Recomendo (:
Beliebers e Directioners: Curti bastante o blog, recomendo muito.

Links.




14 comentários:

  1. Divastico u.u não me inscrevi porque estou sem pc em casa, mas caso você quiser eu faço u.u ai quando estiver com meu pc em casa u.u anw obg por divulgar, vc leu meu blog? jesus! continue - srta.wallker

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaah que pfto,mas pera eu não me escrevi no que ?sorry eu sou meio lerdinha kkkkkk,vc parece ser divertida bjs continue by:lili

    ResponderExcluir
  3. Andei de muletas porque me magoei a jogar andebol -.-
    Desculpa não inscrever mas não tenho muito jeito com estas coisas, nem o meu blog é alguma de jeito.
    Continue postando rapidinho ^^

    ResponderExcluir
  4. Anônimo19.5.13

    tem vaga pra moderadora? - Iza

    ResponderExcluir
  5. aaaaanw, eu achei fofo os dois *O* crl, dá um medo danado desses bilhetes, g-zuis credo. pqp, qqê isso u.u essa fanfic tá muito P-E-R-F-E-I-T-A :3 puta merda, q lindo o Jurten abraçando ela *OOO* ai socorro, q lindos. OOOWN, eu amei o layout novo ;33' afz, q inveja u_u Continua linda, tá divo, sem mais .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. & HEEEEY, posso afiliar meu blog ao seu? haha, é 1 dos melhores :3 bjão linda, e continua u_u

      Excluir
  6. Ameiii! E não me escrevi antes pq normalmente tenho preguiça uahssahusahuasha! Brigadaa por divulgar! E ainda bem que dessa vez tu nãoo demorro tanto, pq porra dai eu fico pensando só nisso e me esqueço da vida. Bjooos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAA e me lembrei agr! Tu sabe fazer layout pra blog?

      Excluir
  7. Anônimo20.5.13

    Já sei. O serial killer também pode ser o Derek. Tipo, sei lá. ele tava na apresentação dos personagens, mas não apareceu na história. só falou dele uma vez. u.u vou torcer pra que a história dê um revira-volta e o justin não seja o serial killer. kkkkkkk continua logo.

    ResponderExcluir
  8. Não demora,sua fic é muito perfeita,ah ja preenchi o formulario pra me afiliar,ja posso te afiliar no meu?Ja fiz isso kkkkk acho que vou me inscrever também pra moderar aqui,faz pouco tempo que eu cheguei mas ja estou adorando muito!
    CONTINUA DIVA,NÃO DEMORA PLS!

    ResponderExcluir
  9. Olha qe eu to indo te abraçar em kkk,mais ta muito perfeito amo de mais continua Diva :)

    ResponderExcluir
  10. caramba meu tu escreve muito bem, tipo eu sou uma leitora nova, mas cara eu me apaixonei de forma inesplicável pelas suas fics serio, quando você escrever um livro- e vai u.u eu exijo que você me mande uma copia autografada kkkkk Eu estou realmente curiosa pra saber o que vai acontecer, então não me deixa curiosa e posta logo kkkk eu também queria saber se voc~e podia divulgar o meu blog, ele é tipo iniciante, basicão do basico então não é tão bom como o seu, mas sei lá queria saber se você podia divulgar por caridade :) http://imaginebeliebercometrue.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Anônimo21.12.13

    Oii Amaei ta um maximo , cnt assim , Esse negocio de livro ta ficando viciante :P

    ResponderExcluir

A cada comentário não deixado, um autor morre. Comente!